Home Curiosidades Bossa Nova, a trilha sonora do Rio de Janeiro

Bossa Nova, a trilha sonora do Rio de Janeiro

por Thiago Del Grande
Bossa Nova e a Praia de Ipanema

O Rio de Janeiro é uma cidade musical, sem dúvidas. Aqui nasceu o samba e também a bossa nova. Dois dos principais gêneros musicais do país e bastante reconhecidos no exterior.

Aqui eu vou falar um pouco sobre a bossa nova, um dos meus estilos musicais preferidos.

Por que bossa nova?

Pra começar, o termo bossa para o que nos referimos hoje foi usado pela primeira vez na década de 1930 por Noel Rosa, grande sambista carioca. Na letra de seu samba “São Coisas Nossas”, Noel cantou:

O samba, a prontidão
E outras bossas,
São nossas coisas,
São coisas nossas!

A bossa nova foi criada vinte anos depois, na década de 1950, por alguns músicos muito conhecidos hoje em dia. Naquela época, os ainda jovens músicos costumavam se reunir para fazer e ouvir música. Muitas dessas reuniões aconteciam no apartamento de Nara Leão, na Av. Atlântica, em Copacabana.

Frequentavam essas reuniões pessoas como Roberto Menescal, Sérgio Ricardo, Chico Feitosa, entre outros. Mas foi João Gilberto, outro frequentador das tais reuniões que lançou a bossa nova como estilo musical em 1958 quando gravou em um compacto simples duas músicas: Bim Bom, dele mesmo e Chega de Saudade de Tom Jobim e Vinicius de Moraes.

João Gilberto participou ainda de outro grande marco da história da bossa nova, o álbum Canção do Amor Demais, lançado em maio de 1958 e exclusivamente dedicado às canções da iniciante dupla Tom & Vinicius, interpretado pela cantora carioca Elizeth Cardoso.

Apesar de não ter tido grande sucesso na época, o álbum é um marco da bossa nova, pois trouxe clássicas composições do gênero – Luciana, Estrada Branca, Outra Vez e Chega de Saudade. Além disso, mostrou ao mundo a sensacional batida de violão de João Gilberto, com seus acordes dissonantes e inspirados no jazz norte-americano.




Por que ouvir?

A bossa nova tem canções belíssimas. Experimente ouvir Vinícius de Morais, Tom Jobim e João Gilberto. Isso só pra começar. Além de lindas, muitas músicas falam sobre coisas do Rio de Janeiro – as carioquices. Quer exemplos? Garota de Ipanema, Samba do Avião. Que tal ouvir Corcovado de João Giberto? Você vai ficar com vontade de passear pelo Rio. Pode ter certeza!

A importância e o apego a ela do carioca é tamanha que o aeroporto internacional do Rio de Janeiro leva o nome de Tom Jobim. Os mascotes das Olimpíadas Rio 2016 foram batizados como Tom & Vinícius.

Ahh.. claro.. o shopping que funciona ao lado do aeroporto Santos Dumont tem o nome de Bossa Nova Mall.

A bossa nova é, sem dúvidas, a trilha sonora carioca.


Crédito das fotos: Todas as fotos por Leandro Marques (todos os direitos reservados).

A cópia e/ou utilização das fotos de forma não autorizada pelo autor é vedada e todos os seus direitos são reservados.




Booking.com

 

You may also like

Deixe seu comentário

Este website utiliza cookies para melhorar sua experiência. Assumimos que vocês está de acordo com isso, mas você pode desabilitar, se desejar. Aceitar Ler mais